Inspire-se nas girafas: Adapte-se às mudanças e encare os problemas irreversíveis.

As girafas são animais que enfrentam dificuldades por conta da sua alta estatura que pode variar entre 4 a 5 metros. A gestação da girafa dura em torno de 13 a 15 meses, e ao dar à luz em pé, o filhote cai sofrendo uma queda de uns dois metros. Apesar deste desafio complicado, as girafas bebês conseguem se levantar de 5 a 10 minutos após o nascimento.

Devido ao seu enorme tamanho, as girafas dormem em pé para não serem atacadas por predadores. Apenas tiram sonecas que totalizam umas duas horas por dia, tais cochilos ocorrem em frações de cerca de cinco minutos. Apesar do pouco sono, estes animais são bem velozes e chegam a correr acima de 55 km/h.

A girafa, também fica vulnerável ao beber água, pois precisa se curvar para baixo devido ao seu longo pescoço. A saída encontrada é beber pouca água e tirar todo o líquido necessário das plantas, e o ponto positivo é que sua altura favorece o alcance às árvores. Por ingerirem pouco líquido e viverem em ambientes quentes, as girafas se posicionam de forma que seus corpos recebam o mínimo de luz do sol durante o dia.

Os grupos das girafas são abertos e em constante mudança, os mais estáveis são aqueles feitos de mães e filhotes que pode durar semanas ou meses. O corpo das girafas possui adaptações exclusivas, seus músculos são modificados e fortalecidos para suportarem a distribuição do peso.

A falta de capacidade de adaptação a novos cenários pode abalar muito o estado psicológico de alguns indivíduos. Épocas de pandemia os afetam significativamente devido ao isolamento, medo de contrair a doença e mudanças na rotina. Todos devemos melhorar a capacidade de lidar com quaisquer catástrofes, começando por aprender a controlar a ansiedade.

À medida que envelhecemos, temos que nos adaptar ao surgimento de doenças, dificuldades financeiras, viuvez e provável exclusão social. O idoso precisa se adaptar a estas transformações de modo a evitar sentimentos de solidão, incapacidade e insatisfação. Considerar o bem-estar dos idosos é fundamental para não comprometer suas capacidades físicas e intelectuais.

Devemos nos preparar para conseguir encarar todo e qualquer desconforto com relação às mudanças, reavaliando as possibilidades e traçando alternativas para reduzir os sentimentos negativos. Desta maneira, poderemos levar uma vida satisfatória mesmo diante de perdas, sejam de condição social, saúde física, separação, entre outras.

Afinal, sempre será possível encontrar soluções para a grande maioria dos nossos problemas e vivermos otimistas apesar das experiências traumáticas. No que diz respeito aos problemas irreversíveis, que aceitemos nossa condição difícil e enxerguemos o melhor modo de conviver com nossas limitações, assim como fazem as girafas. Contudo, a adaptabilidade nos leva não apenas a aceitar as mudanças, como também aprender com elas.

*Não guarde para você, passe adiante.

https://minilua.com/incriveis-fatos-girafas-1

girafa

Get inspired by giraffes: Adapt to change and face irreversible problems.

Giraffes reach the height of between 4-5 meters and their tall stature make them face challenges. Giraffes gestation period typically lasts 13 to 15 months and give birth standing up, which means their babies fall two metres to the ground when they are born. Despite this difficult challenge, the baby can stand within 5-10 minutes after birth.

Giraffes can sleep fully standing in a state of half-sleep, which keeps them alert for incoming predators. Lying down to sleep for a long time would make it easier to get caught, so they only take naps an average of 5 minutes, adding up to an average of 2 hours in a day. Despite so little sleep, it can run extremely fast, over 55 km/h.

Giraffes are also vulnerable when it is time to bend over to drink due to their long necks. They end up drinking less water and getting most of the water from the plants. Fortunately, giraffe’s height at least helps it reach food from the tops of trees. As they live in hot climates and drink little water, giraffes position their bodies in order to reduce sun exposure during the daytime.

Giraffes are social animals, open and unstable. The most stable groups are those made of mothers and their young, which can last weeks or months. Giraffes’ bodies have unique physical adaptations, their muscles are modified and strengthened to support their huge weight.

The lack of capacity to adapt to new situations can greatly affect the psychological state of some individuals. Pandemics affect them significantly due to social isolation, fear of contracting the disease and changes in routine. Everyone should develop the ability to deal with any catastrophes, by starting to learn how to control anxiety.

As we get older, we need to adapt to appearance of illness, financial difficulties, widowhood and likely social exclusion. The elderly need to adapt to these changes in order to avoid feelings of loneliness, incapacity and dissatisfaction. Consider the well-being of the elderly is essential to not compromise their physical and intellectual capacities.

We must prepare ourselves to be able to face any kind of discomfortcaused by changes, it is necessary to take a step back to re-evaluate the possibilities and devise alternatives ways to reduce negative emotions.As a result, we will be able to lead a satisfactory life despite the losses, such as social conditions, physical health, separation, among other things.

After all, it will always be possible to find solutions to the most problems and live optimistically despite traumatic experiences. In relation to irreversible problems, we must accept a difficult situation and find the best way to live around limitations, just like giraffes. However, adaptability leads us not only to accept changes, but also to learn from them.

*Do not keep it to yourself, pass it on.

https://ielc.libguides.com/sdzg/factsheets/giraffes/reproduction