Inspire-se nos papagaios: Interaja com outros sendo um pouco brincalhão.

O mundo vem sofrendo transformações constantes, e exigindo cada vez mais de nós, o que nos leva facilmente ao medo de não conseguir encarar a competitividade no mercado de trabalho. Sabemos que a reinvenção dos profissionais é necessária para os avanços, portanto temos que ficar atentos às tendências.

Diante de tanta competitividade, é bom se perguntar como anda a sua autoconfiança. Quando recebe críticas, consegue identificar até que ponto você deve levá-las em consideração? É corajoso o suficiente para defender o seu ponto de vista? Se a crítica tem fundamento, leva para o lado pessoal, ou compreende que talvez, o ideal seja rever sua postura? Sejam quais forem as suas respostas, nunca fique desencorajado porque todos nós temos pontos a melhorar.

Procure sempre enxergar as suas próprias qualidades e reconhecer seus defeitos. Aceite que as mudanças são necessárias e caso ache que não consegue fazer progresso por si próprio, busque ajuda. O autoconhecimento é o início para um grande salto em sua vida.

Como diz o ditado: “É um passo de cada vez”. E que tal começar por levar o que outros dizem na esportiva? Mesmo que você tenha uma ótima percepção e saiba que a outra pessoa quis te ferir com palavras maldosas, vale a pena não retrucar e apenas ignorar. Com autoconfiança você conseguirá fazer ainda melhor, poderá lançar a sua energia positiva e desarmar a pessoa que pretendia te provocar.

O papagaio está entre uma das aves consideradas mais inteligentes, trata-se de um animal dócil e bem brincalhão. Se tiverem uma boa alimentação, os papagaios podem viver bastante tempo. Eles precisam de muita atenção, caso contrário podem sentir solidão. Assim como nós humanos, estes animais podem até cair em depressão se ficar sem interagir. E a melhor forma de interação é aquela que vem acompanhada de respeito, carinho e alegria, não é verdade?

Como sabemos, o papagaio é um grande imitador! Vem-nos à memória que os humoristas usam o artifício da imitação, de sons e vozes, para fazer a audiência dar risada. Os papagaios são animaizinhos muito engraçados, e sem dúvida, nos arrancam sorrisos, basta ficar perto de um deles para se divertir.

Será que conseguimos cativar pessoas mesmo que não tenhamos esse dom? Inspire-se em bons exemplos, mas pense que você é único e não deve ser comparado a ninguém. Tente estar rodeado de pessoas que reconhecem o seu valor. Compartilhe suas alegrias sem esperar sorrisos em troca, afinal nem sempre gente feliz agrada. Cativar pessoas não é o foco, mas sim interagir.

Não precisamos ser tão engraçados e nem saber imitar; se dentro de nós houver o interesse em espalhar alegria, aos poucos o bom humor irá fluir. Cuide de si mesmo, esteja de bem com a vida e provavelmente conseguirá fazer alguém sorrir. No entanto, o que realmente importa é que você trabalhe sua autoconfiança, de modo a estar preparado, para as mudanças que o mundo atual impõe.  Seja feliz consigo mesmo, em primeiro lugar!

*Não guarde para você, passe adiante.

https://petsafari.wixsite.com/petsafari/papagaio-verdadeiro

papagaio

Get inspired by parrots: Interact with others being a bit of a jokester.

The world has been undergoing constant changes, and demanding too much from people, which easily generate fear of not being able to compete in the labour market. We know that the professional reinvention is essential for advances, so everyone should be aware of trends.

In the face of competition, it is good to ask yourself how confident do you feel about facing challenges. Are you able to discern if criticism can be helpful or harmful? Are you brave enough to defend your point of view? How do you handle negative comments? Whatever the answers to these questions are, you should never be discouraged because everyone has something to improve.

Always try to see the good in yourself and also recognise your personal faults. Make changes that deal with those faults and pursue support if don’t know how to make it. Self-knowledge is the beginning of all wisdom.

One step at a time, as the saying goes. How about to start seeing the funny side of things? Even if you have a good intuition and know that someone wanted to hurt you, try to disregard what was said or done. Having self-confidence you will be able to do something better by sending out positive energy in order to disarm the person who intended to provoke discussion.

Parrots are considered to be among the most intelligent of all birds and are also considered affectionate and playful. If they are well-fed, they will probably live longer. They need a lot of attention, otherwise they may feel lonely. And likewise human beings, these animals can get depressed because of the lack of social interactions. Do you agree that the best form of interaction comes with respect, affection and great joy?

As we know, the parrot can imitate human speech! It comes to mind that comedians imitate sounds and voices to make the audience laugh. Parrots are very funny animals, and they will do something that brings a smile to your face if you pass nearby, no doubt about it.

Is it possible to captivate people’s attention even if we don’t have a gift for making people laugh? Be inspired by good examples, but think that you are unique and you should stop comparing yourself to others. Try to be surrounded by people who recognise your worth. Share your joy, but not expecting people return smiles. Sometimes, unhappy people get annoyed around happy people. Do not focus on getting people’s attention, just interact with them.

We don’t need to be so funny or great imitator; only bring out the best in you. Take care of yourself and you will probably make someone smile. However, what really matters is boosting your self-confidence to be prepared for the global trends and future challenges. You need to be happy with yourself first!

*Do not keep it to yourself, pass it on.

http://smithsonianmag.com/Science-nature/14-fun-facts-about-parrots-180957714