Inspire-se nas aranhas-pavão macho: Não haja com violência contra o sexo frágil.

As aranhas-pavão são nativas da Austrália, são bem pequenas. Os machos são coloridos enquanto as fêmeas têm uma cor marrom discreta. O macho da aranha pavão tem penas brilhantes que são exibidas para obter aprovação da fêmea. Ele dança para cortejar a fêmea, e ao mesmo tempo, tenta preservar sua vida.

Os machos exibem seu leque e sacodem o abdômen e pernas durante a dança do acasalamento. Eles também usam vibrações, cada vez com mais intensidade, para chamar atenção de uma fêmea. Se a fêmea aprovar o desempenho do macho, eles irão acasalar. Caso contrário, o macho será comido por ela sem haver luta, isto apesar da tendência que ele tem de ser agressivo.

As aranhas-pavão fêmea são exigentes, então os machos precisam se esforçar muito para conquistá-las. Eles arriscam a própria vida para tentar acasalar para assegurar a continuidade da espécie. As aranhas pavão são caçadores de pequenos insetos, elas podem saltar até quarenta vezes o comprimento do seu corpo para pegá-los. A maioria das espécies pode crescer até 0.19 polegadas, e curiosamente, não tecem teias.

No mundo dos humanos, as mulheres não devem ser tão exigentes em relação à aparência física masculina, devem se preocupar mais com a personalidade dos homens do que com a beleza física deles. A beleza exterior não dura muito, já as pessoas de bom caráter sempre buscarão dar o melhor de si num relacionamento.

Os homens dominam os esportes, filmes, música, tecnologia, finanças etc. A verdade é que eles ainda são privilegiados pelo seu gênero. Felizmente, existem bons homens no mundo que valorizam a igualdade de gênero. Alguns deles, enxergam a mulher moderna como poderosa da mesma forma que eles. Mesmo que um homem tenha mais destaque e maior massa muscular, não há razão para abuso físico contra uma mulher.

Os abusadores usam o poder para intimidar suas vítimas com palavras ofensivas e fazem ameaças para controlá-las causando danos psicológicos. Apesar de muitas vítimas saberem que a violência doméstica pode ocasionar não apenas lesão corporal, como também risco de morte, não procuram ajuda porque acreditam que seu parceiro abusivo mudará. Mais tarde o marido abusivo agride e até mata a esposa e simplesmente alega ter agido em legítima defesa.

Muitas vidas teriam sido poupadas se estes homens tivessem mais respeito pelo papel de procriação da mulher, assim como ocorre com as aranhas pavão macho, que preferem ser feridos pela fêmea do que ferirem. Parece que temos mais a aprender com os animais do que os animais a aprender conosco.

Considerando o exemplo da aranha pavão macho, podemos concluir que as mulheres devem salvar sua autoestima e impedir que homens deploráveis arruínem suas vidas. Ao agirem assim, podem deixar para trás o título de sexo frágil. Da mesma forma, os homens que estão sofrendo abuso não devem sofrer em silêncio, mas sim criar coragem para buscar ajuda.

aranha pavão

*Não guarde para você, passe adiante.

https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/animais/aranha-pavao-usa-cores-do-corpo-para-atrair-femeas,a7ae85b24988d310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.htm

Get inspired by male peacock spiders: Nonviolence against the weaker sex.

Peacock spiders are native to Australia, they are very small. The males are colourful whereas the females have a plain brown colour. The male peacock spider has bright feathers which are displayed in order to gain the female’s approval. The male dances to woo the female, and at the same time, trying to preserve its life.

Males will show off their fan, and shake their abdomens and legs, during a courtship dance. They also use vibrations with greater and greater intensity to get a female’s attention. If the female approves the male’s performance, they will mate. Otherwise, the male will be eaten by female spider without a fight, despite the male tendency of being aggressive.

Female peacock spiders are picky, so the males need to work hard to win over them. They risk their own lives while trying to mate in order to ensure the continuity of the specie. Peacock spiders are hunters of small insects, they can leap up to forty times their body length to catch them. The majority of species can grow up to 0.19 inches and curiously do not spin webs.

In the human world, women should not be so demanding in relation to standards of physical appearance in men, they should care more about personality than looks. Beauty does not last for too long while people of good character will always aim to give their best in a relationship.

Men dominate sports, films, music, technology, finance, and so on. The truth is that they are still privileged because of their gender. Fortunately, there are good men in the world that values gender equality. Some of them, visualizes the modern woman as powerful as they are. Even though a man takes the major role and has greater muscles, there is no reason to physical abuse against a woman. 

Abusers use power to intimidate their victims with hurtful words and make threats to control them causing psychological damage. Although many victims know that domestic violence can cause not only physical injury, but risk of death, they do not seek help because they believe that their abusive partner will change. Later on, an abusive husband attacks and even kills his wife and simply claims self-defence.

Many lives could have been saved if these men have had more respect for the women’s roles in procreation, as it occurs to male peacock spiders which prefer to be harmed than harm the female. It seems that we have more to learn from animals than animals have to learn from us.

Considering the example of peacock spider, we can conclude that women should save their self-esteem and put stop to nasty men ruining their lives. By doing so, they can leave behind the title of weaker sex. Likewise, men who are being abused should not suffer in silence, but should build the courage to seek for help.

 *Do not keep it to yourself, pass it on.

https://www.nationalgeographic.com/animals/article/151201-australia-peacock-spider-colorful-courtship-sex-animals-science